MATHEWS WHITE

22 de nov de 2015

Resenhas : jogos vorazes/ Livros

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?


----------------------------- O Que Se Trata?-----------------------
Jogos Vorazes é uma distopia, ou seja, uma história narrada num futuro marcado por uma realidade opressiva e um governo controlador. Ambientalizada no que hoje é os Estados Unidos, a narração nos leva até o continente Panem, dividido por uma Capital e 13 distritos. Porém, o décimo terceiro distrito foi riscado do mapa há 74 anos por conta de uma rebelião fracassada, esmagada pela Capital e seu governo dominador. Por conta desses anos de guerra, a Capital criou os Jogos Vorazes... Todo ano seriam sorteados dois tributos (um masculino e outro feminino) de cada distrito para que matassem uns aos outros até sobrar um: o vitorioso. Como um símbolo do fracasso da rebelião, os Jogos Vorazes existem para entreter a população da Capital e, sobretudo, para demonstrar aos distritos quem é que detém o poder.

E é no caos do distrito 12 que mora Katniss Everdeen, uma garota de 16 anos que caça ilegalmente na floresta para fornecer comida à sua família depois que seu pai, um trabalhador das minas de carvão do distrito, morreu numa explosão quando ela tinha apenas 11 anos de idade. Sua maior preocupação já não era mais encontrar comida para sua mãe e sua irmã, mas sim a Colheita daquele ano. A Colheita é o dia em que os tributos são sorteados e vão para os Jogos. Seu nome já estava inscrito várias vezes (até porque você pode se inscrever mais de uma vez em troca de alimento), mas aquele era o primeiro ano de sua irmã menor Prim. E ela sabia o efeito que isso causava na menina: pânico.

Pois Prim é sorteada para ser o tributo feminino daquele ano e, num ato desesperado e espontâneo, Katniss se voluntaria no lugar da irmã. Ela iria para uma arena matar e ser morta... Em nome de que?


Em Chamas é o segundo volume da bem-sucedida trilogia iniciada comJogos Vorazes, mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos, que mistura ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia com muita ação e aventura. Com mais de quatro milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos, a saga ganhará adaptação para o cinema, com estreia prevista para 23 de março de 2012. A direção do longa está a cargo de Gary Ross (Quero ser grande e Seabiscuit) e a protagonista Katniss será interpretada por Jennifer Lawrence, finalista ao Oscar de melhor atriz deste ano por Inverno da alma. A trilogia manteve-se por 130 semanas consecutivas na prestigiada lista do jornal The New York Times.
Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Os jogos completam 75 anos, momento de se realizar o terceiro Massacre Quaternário, uma edição da luta na arena com regras ainda mais duras que acontece a cada 25 anos. Katniss e Peeta, então, se veem diante de situação totalmente inesperada e, dessa vez, além de lutar por suas próprias vidas, terão que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem.
Ambientado num futuro sombrio, a série é pioneira de uma tendência que vem ganhando força no mercado de bestsellers juvenis: a dos romances distópicos e pós-apocalípticos. As obras renderam à autora Suzanne Collins lugar na badalada lista de 100 personalidades mais influentes do ano da revista Time. Com narrativa ágil e ousada, os livros da trilogia foram traduzidos para 42 países e vêm atraindo leitores de diversas faixas etárias.
Inspirada pelo mito grego de Teseu e o Minotauro e bebendo nas melhores fontes da ficção científica, Suzanne Collins faz uma dura crítica à sociedade atual – ao sensacionalismo, ao desperdício e à violência – e prende a atenção do leitor da primeira à última página com um romance envolvente e perturbador.

         -------------------------Resumo-----------------------
Após os problemas com a Capital no livro anterior, no segundo livro da série, Em Chamas, os problemas dobram. Em “As Fagulhas”, além de Katniss receber uma visita especial vinda da Capital, ela e Peeta são obrigados a passar por todos os distritos de Panem no Tour da Vitória, no qual os campeões dos Jogos Vorazes devem ir após vencerem o jogo.
Depois de alguns problemas no Distrito 11, a vida de Katniss e Peeta torna-se uma vida de “showbizz”. Ambos fingem estar felizes um com o outro, amando a vida de luxo que agora têm, mesmo sendo explorados pelos outros através da imagem de campeões que têm. Ao voltarem para o Distrito 12 esperando retomarem sua vida antes dos Jogos, Katniss descobre diversas mudanças, sejam em outros distritos, como levantes, ou até mesmo mudança de Pacificadores no Distrito 12.
O Massacre”, nome da segunda parte do livro, começa quando Katniss acha duas fugitivas do Distrito 8 na floresta e que tentam ir para o inóspito Distrito 13. Após conversarem, Katniss volta para casa e vê a cerca elétrica ligada, o que nunca aconteceu; então, é obrigada a subir em uma árvore para pular a cerca. Machuca-se na queda e descobre ter sofrido uma lesão na perna.
Impossibilitada de sair e recebendo visitas de Peeta todo dia, os dois aproximam-se e conhecem-se melhor, algo esquisito, já que passaram muito tempo juntos. Então, recebe o anúncio do Massacre Quaternário, edição especial dos Jogos que se realiza a cada 25 anos. O resto de “O Massacre” é dedicado para a preparação para a septuagésima quinta edição dos Jogos Vorazes.
Então, a última parte, “O Inimigo”, chega. Suzanne Collins mostra-se extremamente habilidosa naquilo que fez no livro anterior: terminar uma história que parece que não terminará tão de repente. Em duzentas páginas, a autora finaliza o livro tão rapidamente que o final da história é áspero e duro, igual a protagonista.
O livro termina resolvendo todas as questões que ele mesmo criou e abrindo outras que só serão resolvidas no próximo livro, A Esperanças.
Minha expectativa em relação a este livro era muito grande. Afinal, depois de ler Jogos Vorazes e Em Chamas, estava ansiosa para saber como a autora terminaria a saga do povo de Panem. O que aconteceria com Katniss, Peeta, Gale e todos os outros.

A história toda se passa durante a revolta dos distritos contra a Capital. Katniss passa a ser o Tordo, o símbolo da luta dos distritos pela liberdade. Katniss permanece grande parte do tempo no Distrito 13, onde estão os refugiados do Distrito 12 e onde está o comando da guerra.

A Esperança foi muito mais sanguinária que Em Chamas. Foram muitas mortes; armas poderosas, destrutivas. Armadilhas mirabolantes capazes de aniquilar uma tropa inteira, sem chances de sobrevivência. Durante a leitura ficava me perguntando: como os caras vão colocar isso nos filmes?

O livro nos faz refletir sobre até que ponto uma guerra é válida. Mesmo na luta por uma causa justa, muitos inocentes são mortos dos dois lados. Até que ponto os rebeldes são melhores que a Capital? Pois eles também estão aterrorizando e matando pessoas indefesas.

Depois de uma vitória, são lamentadas todas as perdas, há promessas de que não haverá outra guerra. Até quando as pessoas se lembrarão dessas promessas? Até quando as pessoas se lembrarão da dor e das vidas perdidas? Será que a ambição humana tem limites?

Um comentário :

  1. Matheus, te linkei la na tag...da uma olhadinha lá e quando postar me avisa pra eu ver...Bju
    www.jocyribeiromakeup.com.br

    ResponderExcluir